ISA - Espírito Santo Section

Área Restrita

Esqueci a senha / Cadastre-se

Cursos

Medição de Vazão de Gás Natural

OBJETIVO

Apresentar as características e propriedades do gás natural que interagem com os sistemas de medição de vazão. Descrever as normas relativas aos sistemas de medição de vazão de gás natural, com ênfase aos medidores referidos na Portaria 001/2000 ANP/INMETRO para medições fiscais. O objetivo é atualizar os profissionais que lidam com a medição de vazão nas várias atividades de engenharia, com a teoria, as normas e as práticas relacionadas ao assunto.

PÚBLICO ALVO

Destinado a todos os profissionais que lidam com a medição de vazão e que estejam interessados em conhecer os detalhes importantes da aplicação ao gás natural.

INSTRUTOR : Gérard J. Delmée

DURAÇÃO :  3 dias -24 horas - Diurno

EXPECTATIVA DE RESULTADOS

  • Conhecer as definições dos termos específicos relacionados à medição de vazão de fluidos e, em particular, do gás natural;
  • Saber aplicar as equações de estado dos gases reais, para calcular a massa específica, a viscosidade e o expoente isentrópico do gás natural;
  • Entender os fundamentos da teoria de medição de vazão relacionada a medidores baseados em placas de orifício, medidores ultrasônicos, de turbinas e medidores a efeito Coriolis;
  • Saber calcular um sistema de medição baseado em placa de orifício (AGA 3, ISO 5167) e conhecer os elementos associados;
  • Aplicar conhecimentos ao cálculo de um caso real (projeto, especificação, detalhes de fabricação, instalação, manutenção);
  • Conhecer as normas relacionadas às turbinas (AGA7) e medidores rotativos, saber especificar, instalar e fazer manutenção de turbinas;
  • Conhecer as normas relacionadas a medidores ultra-sônicos (AGA9), saber especificar, instalar e fazer manutenção de medidores ultra-sônicos;
  • Conhecer as normas relacionadas a medidores a efeito Coriolis (AGA11) e os problemas de comparação de resultados de medição com medidores rotativos;
  • Conhecer os métodos de calibração, em laboratório e no campo;
  • Conhecer sucintamente os medidores capazes de medir o gás natural, outros que aqueles mencionados na Portaria ANP/INMETRO 2000.

DESCRIÇÃO           

A medição de vazão de gás natural é um segmento extremamente importante da medição de vazão, em geral, gerando normas específicas orientadas a assegurar uma incerteza compatível com o que é aceitável em transações comerciais, onde a OIML (Organização Internacional de Metrologia Legal) está envolvida. Existe uma competição histórica entre as normas ISO e as normas ANSI, chegando aos poucos a um consenso, visando uma comercialização globalizada dos sistemas de medição. Apesar da convergência das normas, certas diferenças ainda dificultam as etapas da engenharia relacionada ao assunto. Estas questões serão abordadas detalhadamente e serão dadas as orientações necessárias para facilitar as fases da engenharia, desde o ante-projeto até a manutenção.         

PROGRAMA           

1.    Introdução

1.1  Definições e terminologia;

1.2  Apresentação sinótica dos medidores de vazão, os preferidos para a medição de gás natural;

1.3  Incerteza de medição.

2.    O gás natural

2.1  Equações de estado dos gases;

2.2  Compressibilidade, métodos de determinação, AGA 8;

2.3   Viscosidade dos gases, métodos de determinação da viscosidade do gás natural;

2.4  Expoente isentrópico dos fluidos compressíveis, métodos de determinação do expoente isentrópico do gás natural.              

3.    Medidores de vazão de gás natural baseados em placa de orifício.

3.1   Teoria básica, aplicação prática do teorema de Bernoulli; O coeficiente de descarga e o fator isentrópico;

3.2   As normas ISO 5167 2003 e AGA 3 1992/2000; Métodos de cálculo de placas de orifício;

3.3  Detalhes de engenharia para a especificação, fabricação / inspeção, instalação e manutenção;

3.4  Estimativa da incerteza;

3.5  Estudo de caso.                             

4.    Medidores de vazão por turbina e medidores ultra-sônicos.

4.1  Descrição de turbinas para medição de gás natural;

4.2  Normas referentes a turbinas (AGA 7, ISO 9951) e a medidores ultra-sônicos (AGA 9);

4.3  Cálculos de vazão com turbinas;

4.4  Detalhes de engenharia para a especificação, fabricação / inspeção, instalação e manutenção;

4.5  Estimativa da incerteza.

5.    Medidores de vazão a efeito Coriolis.5.1. Princípio de medição;

5.1  Como passar da vazão em massa para vazão em volume;

5.2  Norma AGA 11;

5.3  Estudo de caso.

6.    Calibração dos sistemas

6.1  Calibração dos medidores, no laboratório e em campo;

6.2  Calibração dos elementos secundários e terciários, (API 21).

7.    Outros medidores, computadores de vazão

ISA Seção ES

Rua das Palmeiras 795 / Sala 605

Edif. Palm Center - Santa Lúcia

CEP 29.056-930 - Vitória - ES

TELEFAX:

(27) 3227-5954

© 2017 - Todos os direitos reservados.

Produzido pela IMPACTA WEB