ISA - Espírito Santo Section

Área Restrita

Esqueci a senha / Cadastre-se

Cursos

Otimização do Controle Regulatório: Redução das Variabilidades de Processos

OBJETIVO

O curso apresenta o conceito de variabilidades de processos, demonstrando teoricamente e através de casos reais, o impacto de índices elevados de variabilidade no custo variável de produção, na qualidade do produto e na eficiência da planta. Enfatiza a necessidade de redução dos índices de variabilidade através da Otimização do Controle Regulatório que irá identificar as causas das variabilidades e não apenas realizar a sintonia das malhas de controle.

Um dos principais objetivos é aproximar a Teoria de Controle Moderno à realidade das indústrias de processos. São apresentadas as dinâmicas das malhas de controle industriais e métodos de sintonia de controladores PID, destacando-se o controle de mínima variância. Ênfase especial é dada para a função do controle automático de processos e para a limitação do controlador, eficiente apenas na atenuação de baixas freqüências.

O curso aborda também a sintonia de malhas com interação, controle de nível, controle digital, filtragem, estratégias de controle e controle avançado. Ao longo dos três dias do programa, realizaremos alguns exercícios na apostila com dados reais de processos.

PÚBLICO ALVO

Destinado aos engenheiros e gerentes de automação, engenheiros e gerentes de processos, instrumentistas; preferencialmente com conhecimentos básicos da teoria de controle.                

INSTRUTOR : Roberto Arbex

DURAÇÃO : 3 dias - 24 horas - Diurno

METODOLOGIA

Os participantes devem trazer e calculadora científica ou recurso similar para realizar os exercícios práticos.

PROGRAMA

1.    Variabilidades de Processos

1.1   Causas das Variabilidades de Processos;

1.2   Técnicas utilizadas para Redução da variabilidade do produto;

1.3   Propagação das Variabilidades na Indústria de Processos;

1.4   Análise de Séries Temporais;

1.5   A Função do Controle Status do Controle de Processos na Indústria;

1.6   Necessidade de Ações Otimização do Controle Regulatório.

2.     Dinâmica de Processos

2.1   Processo de Primeira Ordem;

2.2   Processo de Segunda Ordem;

2.3   Processo Integrativo;

2.4   Sumário do Teste a Degrau Modelos Matemáticos.

3.     Não-Linearidades das Válvulas de Controle

3.1   Backlash Stiction;

3.2   Sumário das Não-Linearidades das Válvulas de Controle.

4.     Controle Feedback e Controladores PID.

4.1   Controladores PID;

4.2   Forma Paralela do PID;

4.3   Forma Standard (ISA) do PID;

4.4   Forma Clássica do PID;

4.5   Relações entre as Formas do PID;

4.6   Controle PI.

5.   Sintonia de Controladores PID

5.1   Sintonia por Sentimento (feeling);

5.2   Método de Sintonia de 1/4 de Decaimento;

5.3   Método de Sintonia de Lambda;

5.4   Sintonia de Lambda para Primeira Ordem sem Tempo Morto;

5.5   Sintonia de Lambda para Primeira Ordem com Tempo Morto;

5.6   Escolhendo Lambda Resposta em Freqüência de Sistemas Dinâmicos;

5.7   Resposta em Freqüência de Sistemas de Primeira Ordem;

5.8   Diagrama de Bode Diagrama de Bode de Sistema de Primeira Ordem;

5.9   Diagrama de Bode de um Controlador;

5.10  Resposta ao Set-Point de um Sistema de Primeira Ordem sem Tempo Morto;

5.11  Resposta Regulatória (à Carga) de um Sistema de Primeira Ordem sem Tempo Morto;

5.12  O Efeito do Tempo Morto;

5.13  O Efeito da Dinâmica do Processo na Regulação;

5.14  Descrição do Lugar das Raízes Regras do Lugar das Raízes;

5.15  Interpretação do Lugar das Raízes para um Sistema de Primeira Ordem.

6.     O Efeito da Filtragem no Controle      

7.      Sintonia de Loops com Interação

7.1   Interação da Dinâmica dos Loops Reduzindo a Interação das Dinâmicas  utilizando                 Controladores Single-Loops.

8.     Controle de Nível de Tanques

8.1  Sintonia de Processos Integrativos para Mudanças no Set-Point;

8.2  Sintonia de Processos Integrativos para Mudanças na Carga;

8.3  Interpretação de Lambda para o Controle de Nível;

8.4  Selecionando Lamba para o Controle de Nível;

8.5  O Efeito da Filtragem em Controle de Nível;

8.6 O Efeito da Cascata no Controle de Nível Sintonia de um Processo Integrativo com Tempo Morto;

8.7  Tanques e Variabilidade dos Processos.

9.    Controle Digital e Taxa de Execução

9.1  Aliasing;

9.2  Lei de Shanno;

9.3  Filtragem Anti-Aliasing;

9.4  Filtros Anti-Aliasing de Primeira Ordem Dinâmicas do Processo e Taxa de Amostragem;

9.5  Efeitos do Intervalo de Controle na Regulação.

10.  Estratégias de Controle

10.1 Controle Cascata;

10.2 Controle Feedforward;

10.3 Controle de Razão (Ratio Control);

10.4 Controle Seletivo (Override);

10.5 Controle Split-Range;

10.6 Controle Desacoplado.

11.   Controle Avançado

11.1 Por quê?

11.2 O que é Controle Avançado de Processo?

11.3 A Função do Controle;

11.4 Motivação para o Controle Avançado de Processo;

11.5 Problemas com o Controle Avançado Tradicional;

11.6 Projeto de Controle Avançado Tradicional;

11.7 Projeto Recomendado: Sintonia de Lambda + Controle Avançado.

ISA Seção ES

Rua das Palmeiras 795 / Sala 605

Edif. Palm Center - Santa Lúcia

CEP 29.056-930 - Vitória - ES

TELEFAX:

(27) 3227-5954

© 2017 - Todos os direitos reservados.

Produzido pela IMPACTA WEB